Bolsonaro anuncia que vai divulgar hoje à noite a lista de países que compram madeira ilegal

Na avaliação de Alessandro Azzoni — diretor da Comissão de Direito Ambiental da Ordem dos Advogados do Brasil/SP —, falta comunicação, por parte do Executivo federal, com outros países para tratar da Amazônia, mas o discurso do presidente serviu para garantir a soberania do país. “Acredito que o presidente e o ministro Salles (Ricardo Salles, do Meio Ambiente) acabam inflamando o discurso e não mostram o trabalho que é feito. Mas a lista dos países serviu para dar uma resposta aos países que colocam o dedo na nossa cara e questionam a soberania da Amazônia”, ressaltou.


Presidente não diz, porém, se comentará sobre a crise no Ibama e a flexibilização de normas ambientais, que facilitam as irregularidades.






Recent Posts

Archive

Follow Us

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey LinkedIn Icon